Sargento esfaqueado em briga entre irmãos no AC segue na UTI; amigo dá detalhes do quadro

São boas as informações sobre a recuperação do 3° Sargento da Polícia Militar do Acre, Éberton Lunardi, de 42 anos, ferido com uma facada na altura do peito após tentar acabar com uma briga entre irmãos na cidade de Xapuri. Ele está internado na UTI do Pronto Socorro, mas pode receber alta para o leito ainda nesta sexta-feira.

O tenente Marcus Roberto Farias de Souza, comandante da 2° Companhia de Xapuri, tem acompanhando a recuperação do sargento Éberton e agradeceu a todos que ajudaram tanto com as doações de sangue, quanto com orações. “Graças a Deus o quadro de evolução dele está excelente. Ontem o visitei pessoalmente na UTI e ele está bem disposto, conversando com a gente. O indicativo é de que hoje ele saia do UTI e vá para o leito”, disse.

O delegado da Polícia Civil em Xapuri, Gustavo Neves, encerrou as investigações. “Um dos irmãos envolvidos na briga, Adelino foi indiciado por tentativa de homicídio e resistencia à preisao”, informou a Polícia Civil.

O fato ocorreu no dia 31 de maio, quando a guarnição da PM estava em um patrulhamento de rotina e foi acionada para atender a ocorrência. A briga acontecia entre Adelino e José Adalberto, que são irmãos. Ao chegarem ao local indicado, os militares presenciaram Adalberto com uma faca ameaçando matar Adelino.

Ao ver a aproximação da guarnição, Adalberto deu um golpe de faca no abdómen de Adelino e, em seguida, correu para cima dos PMs. Ainda com a faca na mão, o homem atingiu o sargento na lateral esquerda do peito. Após o episódio, os demais policiais atiraram contra Adalberto, que morreu na mesma hora. O agente foi socorrido às pressas.

Compartir