Forças de segurança estaduais e federais terão 2.400 soldados e policiais nessas eleições, com uso de drones

Um contingente de quase 2.400 policiais estará de plantão nesse domingo (dia 15) para garantir a segurança da população no dia da eleição.

O subsecretário de Segurança, Maurício Pinheiro informou Polícia Militar, civil e bombeiros trabalharão em conjunto no dia da votação, mas cada corporação dentro da matriz de risco traçado no plano estratégico das Forças de Segurança.

Forças federais do Exército e da Polícia federal também estarão presentes em vários municípios.

A Polícia Militar do Acre terá um contingente de 1.400 militares, sendo 800 militares escalados para a capital, que trabalharão no entorno das seções eleitorais e no patrulhamento de rua para dispersar as aglomerações. Seiscentos soldados vão trabalhar em atuarem nas seções eleitorais do interior do estado.

O Exército Brasileiro contará com um contingente de 600 soldados, sendo 400 homens do 4º Batalhão de Infantaria de Selva (4º BIS) distribuídos em 19 municípios acreanos, mais 200 homens do 61º Batalhão de Infantaria de Selva (61º BIS) nos municípios de Cruzeiro do Sul, Porto Valter, Marechal Thaumaturgo, Jordão, Tarauacá e Feijó (no Vale do Envira).

O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) contará com a presença de representantes da Polícia Federal (PF), da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Civil, da Polícia Militar do Acre (PMAC), do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), do Exército Brasileiro. Além da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), do Departamento de Trânsito (Detran), da Superintendência de Trânsito de Rio Branco (RBTrans), da Justiça Eleitoral, do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

A Polícia Federal vai usar 150 agentes para plantão em 18 municípios. Sendo 90 agentes da PF lotado no estado e mais 60 policiais recém-formados na Academia da Corporação que foram designados para ajudar no processo eleitoral no Acre. A grande novidade será o uso de drones. Uso da tecnologia tem como objetivo prevenir, reprimir e coibir o transporte ilegal de eleitores, a boca de urna e compra de votos.

As tropas federais estarão de prontidão em 19 municípios nesse fim de semana. O aparato policial vai também garantir a segurança e a integridade física dos servidores da justiça escalados para acompanharem o processo eleitoral nos rincões do estado.

Compartir