Ação conjunta retira produto explosivo da mão de bandidos na fronteira do Acre

Um produto considerado altamente explosivo, identificado como nitrato de amônio e nitrometano, é a variação mais poderosa do ANFO, muito usado em obras civis, devido à sua alta estabilidade e segurança de armazenamento e manuseio, foi retirado das mãos de faccionados no início deste final de semana em Brasiléia.

A ação realizada por homens do 5º Batalhão da Polícia Militar do Alto Acre, Giro e Gefron, juntamente com Polícia Civil, foi possível localizar quase de 23 quilos de ANFO, guardados em uma casa em poder grupos criminosos, que seria usado em atentados contra grupos rivais, agencias bancárias e até agentes da força de segurança do Acre.

O material encontrado apreendido juntamente com a pessoa, foram levados para a delegacia da cidade, onde foi lavrado o flagrante. O homem poderá responder por vários crimes, entre o de terrorismo e envolvimento com organizações criminosas.

O explosivo estava em sacos oriundos do Peru e tem o mesmo principio, nitrato de amônia, do que explodiu no Líbano em agosto de 2020, deixando quase 137 mortos e mais de 5 mil feridos, além do prejuízo causado pela explosão no porto e redondeza.

O caso será levado ao judiciário e Ministério Público para os procedimentos cabíveis. As investigações continuam para tentar descobrir o envolvimento de mais pessoas e a real origem do produto se saber se tem mais espalhado pela fronteira.

OA

Compartir