Acidente entre dois carros na Estrada do Pacífico registra duas mortes e três feridos

Avó e neta de cinco anos estão entra as vítimas fatais. Casal de idosos sobreviventes são transferidos para capital com ferimentos e mulher que dirigia sofreu queimaduras pelo corpo

Um acidente ocorreu por volta das 14h50 desta sexta-feira, dia 27, envolvendo um veículo modelo VW/Parati, placas NAC 5178, conduzido por Edivania Dominguins do Amaral (42), e que levava a neta Esther Sofia do Amaral, de cinco anos, teria invadido a contramão em uma curva no km 14 da BR 317 (Estrada do Pacífico), quando se dirigia para cidade.

No sentido contrário, rumo à Assis Brasil, uma caminhonete modelo Chevrolet, que era conduzido por Eliana Maria Heráclito Afonso Pessoa (38), que estava na companhia de seus pais, senhor José Tolentino Afonso, de 77 anos e Dona Maria Heráclito Afonso, de 76 anos, que iam rumo ao km 59, onde moram.

Incialmente, as autoridades estão trabalhando com a hipótese da vítima do carro VW, ter invadido a contramão na curva indo bater frontalmente contra a pick-up. Com o impacto, os dois veículos iniciaram um incêndio.

Testemunhas que chegaram após o acidente, ainda tiveram tempo de resgatar os ocupantes da pick-up, mas, foi tarde para resgatar a mulher e a criança. Ambas morreram carbonizadas.

Calor

Foi observado pelos Bombeiros, que o calor foi intenso, ao ponto de fazer com que as rodas de alumínio do VW derretessem e botijão de gás explodirem. Foi relatado que corote contendo gasolina foi retirado da carroceria da pick-up, o que poderia ter aumentado ainda mais as chamas e ter aumentado o número de vítimas fatais.

As vítimas

VICTIMAS ACCIDENTEAs vítimas fatais, Edivania Dominguins do Amaral (42), que levava a neta Esther Sofia do Amaral, de cinco anos, estaria retornando da casa de parentes do ex-esposo que moram no km 26, quando ocorreu o acidente. Também estão trabalhando com a hipótese de que algo possa ter tirado a atenção da motorista, já que estava com a criança no banco do carona, o que não é permitido.

Os sobreviventes

Os pais da motorista da pick-up, senhor José Tolentino Afonso, de 77 anos e Dona Maria Heráclito Afonso, de 76 anos, foram transferidos às pressas para a capital. O estado considerado mais delicado, foi informado que seria do ancião, com suspeita de trauma craniano, mas, somente na Capital após exames mais detalhados, poderão informar o estado clínico do casal.

Eliana Maria Heráclito Afonso Pessoa (38), a motorista, teve queimadura em algumas partes do corpo e ficou no hospital em observação. Seu estado clínico foi considerado normal e estava consciente.

Os Bombeiros, Polícia Militar e Policiais Rodoviários Federais estiveram no local. Os restos mortais das vítimas foram recolhidos por agentes do Instituto Médico Legal – IML, e levados para a capital para os procedimentos de praxe.

OA