Mulher é presa ao tentar entrar com celular dentro de tubo de pomada no presídio de Sena

pomada celuUma visitante, identificada como Ducilene Lima de Oliveira, foi presa na manhã deste domingo (24),  ao tentar entrar com um micro celular dentro de um tubo de pomada, durante a visita na Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira.

De acordo com a equipe de plantão, durante a revista dos pertences, procedimento padrão ao qual os visitantes são submetidos, o aparelho de raio-X indicou a presença de um celular dentro da embalagem de pomada que a visitante levava na sacola.

O diretor da unidade, Valquer Oliveira, disse que ao identificarem o corpo estranho dentro no aparelho de raio X, os Agentes providenciaram a abertura do recipiente e verificaram que tratava-se de um aparelho de telefone celular. De imediato, a equipe plantonista apreendeu o equipamento e deu voz de prisão à visitante.

 

“Já foram apreendidos muitos desses celulares nos últimos meses em nosso presídio. Mas nossa guarda já está bem atenta pois tal aparelho apresenta uma carga metálica muito baixa”, ressaltou o diretor.

Dulcilene foi encaminhada à delegacia de polícia do município para os procedimentos de costume, juntamente com o celular que ela tentava levar para um preso, objeto vetado expressamente pela Lei de Execução Penal no interior dos presídios.